Você está aqui: Página Inicial > Institucional > Estrutura Organizacional

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa)


O Mapa é responsável pela gestão das políticas públicas de estímulo à agropecuária, pelo fomento do agronegócio e pela regulação e normatização de serviços vinculados ao setor. No Brasil, o agronegócio contempla o pequeno, o médio e o grande produtor rural e reúne atividades de fornecimento de bens e serviços à agricultura, produção agropecuária, processamento, transformação e distribuição de produtos de origem agropecuária até o consumidor final.

Assim, o Ministério da Agricultura busca integrar sob sua gestão os aspectos mercadológico, tecnológico, científico, ambiental e organizacional do setor produtivo e também dos setores de abastecimento, armazenagem e transporte de safras, além da gestão da política econômica e financeira para o agronegócio. Com a integração do desenvolvimento sustentável e da competitividade, o Mapa visa à garantia da segurança alimentar da população brasileira e a produção de excedentes para exportação, fortalecendo o setor produtivo nacional e favorecendo a inserção do Brasil no mercado internacional.  

Para a consecução de seus objetivos, o Mapa conta com uma estrutura fixa de cinco secretarias, 27 superintendências estaduais e suas respectivas unidades, uma rede de seis laboratórios, além de duas vinculadas, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), que abrigam mais de 10 mil servidores espalhados por todo o Brasil.

Decretos, Organograma e Regimentos

OBSERVAÇÃO: Ao clicar nos links abaixo, você será direcionado para a página de Estrutura Organizacional do PORTAL MAPA.

Decreto de Estrutura Regimental (PORTAL MAPA)

Organograma Geral (PORTAL MAPA)

Regimentos Internos (PORTAL MAPA)

1.png

2.png

3.png

Missão

Promover o desenvolvimento sustentável da agropecuária e a segurança e competitividade de seus produtos.

Visão

Ser uma instituição moderna e ágil, que promova o fortalecimento dos produtores rurais e a qualidade dos produtos agropecuários até 2019.

Valores

Comprometimento; Eficiência e Eficácia; Estratégia; Foco no Cliente; Inovação; Liderança; Organização; Respeito; Trabalho em Equipe; e Transparência.

A Ministra


Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias nasceu em Campo Grande (MS). É casada com o economista Caio Dias, mãe de dois filhos, Luis Felipe e Ana Luiza e avó do Eduardo. Após formar-se em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Viçosa (Minas Gerais), trabalhou em fazendas da família, até ser convidada para cargos de direção de empresas multinacionais, em São Paulo, onde conheceu melhor a raça Brangus, que acabou levando para desenvolver na região Centro-Oeste. De volta ao estado, no fim da década de 1990, foi convidada para ocupar a segunda secretaria da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul).

Em 2006, assumiu o cargo de superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e, no final desse mesmo ano, foi convidada para comandar a Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo do Governo do Estado Mato Grosso do Sul (Seprotur), ficando no cargo por sete anos. Deixou o Executivo Estadual para concorrer ao cargo de deputada federal, sendo eleita em 2014, quando passou a ocupar uma cadeira no Congresso Nacional representando o setor produtivo.

Foi presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, maior grupo suprapartidário em defesa do agronegócio do Congresso Nacional. Como membro titular atuou em importantes comissões na Casa como a de Finanças e Tributação; Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural. Tereza Cristina recebeu um dos maiores reconhecimentos de seu trabalho como parlamentar, sendo premiada na categoria “Melhores deputados” na 11ª edição do Prêmio Congresso em Foco, veículo especializado na cobertura do Congresso Nacional.

A parlamentar ficou entre os 10 mais bem avaliados parlamentares da Câmara dos Deputados. Também foi reconhecida como a maior defensora do agronegócio brasileiro ao receber o prêmio na categoria “Defesa Agropecuária” na mesma edição. Nestas eleições a deputada federal Tereza Cristina foi reeleita para mais uma legislatura na Câmara dos Deputados.

Agenda da Ministra